quarta-feira, 16 de março de 2011

ASA oferece cursos de qualificação profissional para pessoas com deficiências

ASA oferece cursos de qualificação profissional para pessoas com deficiências

A Ação Social Arquidiocesana em parceria com a Avape está oferecendo vagas para pessoas com deficiências interessadas em fazer cursos de qualificação profissional. De acordo com a assistente social da entidade, Maria dos Milagres, estão sendo oferecidas vagas para mais de 36 cursos em diversas áreas, entre eles está informática, auxiliar administrativo e empregabilidade.
Os cursos oferecidos pela entidade são gratuitos. No final da carga horária, os concludentes recebem o certificado e muito deles são encaminhados para o mercado de trabalho. O trabalho de qualificação e inclusão profissional da ASA teve início há 7 meses, 5 turmas já foram formadas e mais de 80 pessoas com deficiência foram capacitadas. Segundo a assistente social, as pessoas com deficiências interessadas em fazer os cursos devem comparecer ao Centro Pastoral Paulo VI, de segunda a sexta-feira, na parte da manhã. Maiores informações, entrar em contato pelo fone (86) 2106 1852.
Maria dos Milagres disse que é uma oportunidade para que as pessoas com deficiência adquiram uma qualificação, ainda de acordo com ela, há muitas vagas para deficientes no mercado de trabalho, mas muitos não conseguem um emprego porque não tem qualificação. “Muitas pessoas deficientes ainda se sentem discriminadas, por ter algum tipo de deficiência e às vezes, pensam que não são capazes de se qualificar e ter um trabalho, mas quando chegam aqui descobrem o potencial que tem, e em pouco tempo encontram trabalho”,disse assistente social.
Maria dos Milagres disse ainda que é preciso que as pessoas incentivem os seus parentes e amigos com deficiência buscar se qualificar, ir em buscas de seus direitos, seja no lazer, no trabalho ou na escola. “Antes as pessoas tinham vergonha dos seus parentes, chegando ao ponto de escondê-los o que refletia na perda de liberdade dos deficientes. Graças a Deus este comportamento está mudando e as pessoas com deficiências passaram a ser mais respeitadas, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.